Por onde começar seu negócio de importação da China?

Uma das melhores oportunidades de baixo custo para quem esta pensando em sair do emprego e iniciar seu próprio negócio é a importação de produtos da China para a venda através da Internet. Apesar de ser uma excelente oportunidade para quem busca independência financeira e a liberdade que você só pode desfrutar quando é dono do seu próprio negócio, existem uma série de dúvidas que circulam na cabeça de quem quer ser empreendedor mas não sabe ainda direito por onde começar. Afinal, são tantos detalhes a se pensar que muitos resolvem desistir da ideia de ter seu negócio muito antes de ele sequer começar!

Mas não precisa ser assim. Esse artigo foi escrito tendo em mente pessoas que ainda não sabem muito bem como funciona a importação de produtos da China e como fariam para vender os produtos assim comprados por aqui. Bom, para começar você precisa entender que não são todos os produtos comprados da China que são pirateados ou falsificados. Existem muitos produtos originais e muitos similares fabricados la mesmo que funcionam perfeitamente bem, não havendo assim razão para se preocupar. Tudo é uma questão de você produtos que tenham uma boa saída por aqui sem que isso signifique uma grande competição a ser enfrentada.

Importar da China com segurança

Um segundo ponto importante de ser considerado é onde exatamente vender os produtos que você vai importar da China. Supondo que você já aprendeu como importar barato da China, existem basicamente duas opções: Sites de leilão ou uma loja Virtual própria. Ambas as situações apresentam vantagens e desvantagens que você deve refletir muito bem antes de tomar sua decisão. Por um lado, sites de leilão podem ser a melhor escolha no curto prazo, pois irão lhe oferecer um bom tráfego logo de cara, o que pode resultar em boas vendas sendo concretizadas. Entretanto, depois desse estágio inicial, ter uma loja Virtual, com uma marca consolidada, certamente lhe renderá muito mais frutos.

 

Investir na bolsa por conta própria?

Olá pessoal, hoje o assunto é, novamente, investimentos. Uma coisa que eu quero falar com vocês é sobre um erro que eu sinto que é bastante comum entre quem esta pensando em começar a investir na bolsa, que é a ilusão de que este ´o grande segredo para a riqueza e que você pode ficar rico rapidamente. Não é bem assim, A bolsa de valores apresenta riscos que podem ser considerado elevados se comparados com outros investimentos um pouco mais tradicionais, como aqueles que o seu gerente de banco insiste em te oferecer sempre que você passa por lá hahaha. Ok, então vamos falar de quais são esses riscos.

Primeiro, há o risco obviamente de que você perca o seu dinheiro investindo em bolsa. Eu não sei porque mas existem muitas pessoas que acreditam na ideia de que independentemente é apenas uma questão de tempo até a ação subir, portanto tudo o que você tem que fazer é comprar uma determinada ação em bolsa e esperar até que ela suba de valor. Isso, obviamente, nem sempre vai ocorrer e você pode descobrir isso somente quando for muito tarde, o que significa uma grande perda financeira. Um segundo problema de fazer investimentos adequados em bolsa sem o preparo adequado é que a frustração gerada após uma grande perda pode literalmente drenar toda a sua confiança, fazendo com que você nunca mais queira saber de qualquer tipo de investimento que ofereça algum risco. Isso é extremamente ruim porque assim você nunca irá aproveitar as excelente oportunidades existentes e jamais alcançara a independência financeira.

Torne-se um investidor de sucesso

É por isso que eu recomendo fortemente para todos aqueles que são completos iniciantes na bolsa de valores que, antes de mais nada, procurem um bom curso de investimentos para orientá-los. Um curso que eu pessoalmente descobri há pouco tempo, aqui neste link http://magodomercado.com/o-investidor-de-sucesso-funciona-ou-e-fraude/, é o curso O investidor de sucesso, criado pelo Marcelo Vieira. Pelo que li do curso até agora me pareceu reunir todas as características de um bom curso de investimentos.