Importar da China ainda vale a pena?

Há alguns meses atrás eu dei uma excelente dica de um tipo de negócio que é extremamente viável mesmo para quem ainda não tem muita experiência. Esse negócio é o negócio de importação da China. Muitas pessoas investiram tempo para aprender como importar da China e agora com as recentes e péssimas notícias econômicas para o Brasil e alta vertiginosa do dólar se perguntam se realmente valeu a pena e se importar da China para revenda no Brasil é algo que ainda vale a pena. Bom, para essas pessoas eu só tenho a dizer que de fato não há nada que impeça começar o negócio e na realidade eu acho que a oportunidade continua tendo tanta perspectiva de lucratividade quanto antes, sendo apenas necessário que se tome alguns cuidados extras e foque a ação naquilo que é realmente importante para o desenvolvimento do negócio.

como importar da China

Mas no que exatamente você deve focar se quiser fazer com que o seu negócio de importação da China para revenda seja bem sucedido mesmo em tempos de crise. Em primeiro lugar você deve se certificar que você tem um item com uma alta margem de lucro, quanto maior melhor. Esse pode parecer um conselho meio óbvio mas é impressionante o número de pessoas que não acharam exatamente um produto em que seja possível realizar uma boa quantia de lucro por venda mas que simplesmente pararam de procurar.

Por exemplo, uma dica bastante valiosa que eu dou é tentar substituir os produtos que você vende por acessórios ou, de maneira geral, algo que seja mais barato e, desse modo, mais tranquilo de fazer com que tenha uma boa lucratividade em seu negócio. Outro ponto fundamental para quem quer ser bem sucedido empreendendo neste ramo mesmo em tempos de crise é saber exatamente como os tributos que incidem na importação estão afetando o seu negócio.